Arquivo do mês: março 2011

Ensaios de naipes em novos horários

Nesta semana, os ensaios de naipes do Grupo de Câmara acontecem em novos dias e horários. Os ensaios gerais permanecem no mesmo horário. Confira o horário de cada naipe:


Segundos ViolinosQuinta-feira, 31 de março, das 19h30 às 20h30

ViolasSexta-feira, 1º de abril, das 19h30 às 20h30

Primeiros ViolinosSexta-feira, 1º de abril, das 20h30 às 22h

VioloncelosSábado, 2 de abril, das 10h às 12h

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Imagem da semana

Maestro Ricardo Feldens em um de seus momentos de interação com o público

Deixe um comentário

Arquivado em Imagem da semana

Grandes compositores: Chiquinha Gonzaga

Não é a toa que Chiquinha Gonzaga é considerada a maior personalidade feminina da história da música popular brasileira. Sua vontade e coragem de ousar contribuiu de muitas formas para a formação da música brasileira como a conhecemos.

Foi Chiquinha quem utilizou, pela primeira vez, o piano como instrumento de choro, e quem compôs a primeira canção carnavalesca. Mas sua colaboração foi muito além da música em si: ela também foi a responsável por levar a música popular aos salões elegantes, fundadora da primeira sociedade protetora dos direitos autorais e a primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil.

Chiquinha Gonzaga aos 25 anos

Francisca Edwiges Neves Gonzaga nasceu no Rio de Janeiro em 17 de outubro de 1847 e iniciou seus estudos de piano  ainda criança, compondo sua primeira música aos 11 anos – a cantiga de natal “Canção dos Pastores”. Chiquinha se casou com 16 anos, mas pouco tempo depois abandonou o marido por umengenheiro de estradas de ferro, de quem também logo se separou. Suas atitudes alheias ao padrão da época chocavam a sociedade e por isso sofreu muito preconceito.

Estreou em 1877 com a polca “Atraente”, composta de improviso durante uma roda de choro. Continuou a aperfeiçoar-se no piano e logo começou a compor para o teatro, de onde vieram grandes composições suas. Em 1899 compôs a primeira marcha-rancho “Ó Abre Alas”, conhecida até hoje como o hino do carnaval brasileiro.

A obra de Chiquinha Gonzaga reúne dezenas de partituras para peças teatrais e centenas de músicas dos mais variados gêneros, entre eles modinha, tanho brasileiro, valsa e habanesa.  A compositora faleceu no dia 28 de fevereiro de 1935, aos 87 anos de idade, no Rio de Janeiro.

Última foto da compositora, tirada em seu aniversário de 85 anos

 

O tango brasileiro

Um dos grandes sucessos de Chiquinha Gonzaga, o tango Corta-Jaca, fará parte do repertório que o Grupo de Câmara irá apresentar no Concerto de Outono 2011, no dia 17 de abril. O tango estreou em 1914, como um solo de violão, executado pela primeira-dama do país, Nair Teffé, causando um escândalo político. A obra é, até hoje, uma das mais populares da compositora e já foi transcrita para diversos instrumentos.

Confira algumas versões de “Corta-Jaca”:

Deixe um comentário

Arquivado em Grandes compositores

Inspirações musicais

Alguns vídeos inspiradores para vermos e revermos muitas vezes…

 

Mstislav Rostropovich tocando Popper Dance of the Elves

 

Vladimir Horowitz tocando Carmen Fantasie

 

Jascha Heifetz tocando Capricho nº 24 de Paganini

Rostropovich Popper Dance of the Elves

Deixe um comentário

Arquivado em Conhecimento musical

Imagem da semana

Devido a problemas técnicos, a imagem dessa semana só pode ser publicada hoje, quarta-feira. Então, sem mais demora… Orquestra de Cordas, no Concerto de Inverno 2010.

1 comentário

Arquivado em Imagem da semana

Grandes compositores: Heitor Villa-Lobos

Para aguçar nossa curiosidade musical, hoje estréia aqui no blog a sessão “Grandes compositores”, dedicada aos compositores que marcaram a música clássica mundial com suas composições. Para começarmos, nada melhor do que o brasileiro que encantou o mundo com suas obras inovadoras e exóticas: Heitor Villa-Lobos. Boa leitura! :)

 

História e vida

Heitor Villa-Lobos é, sem dúvida, um dos maiores compositores da música clássica brasileira. Conhecido por sua energia exuberante, o músico carioca é considerado por muitos com o responsável por colocar o Brasil no roteiro da música internacional.

Heitor Villa-lobos compôs mais de mil peças em sua trajetória musical

Villa-Lobos nasceu no bairro de Laranjeiras, no Rio de Janeiro, em 1887, e teve uma educação musical pouco acadêmica. Aprendeu a tocar violoncelo com o pai, instrumento pelo qual sempre teve um carinho especial. Também tinha um domínio quase virtuosístico da guitarra.

O compositor ficou conhecido por suas histórias fantásticas, as quais utilizava de acordo com o perfil que desejava transmitir. Em sua primeira viagem à Europa, em 1923, Villa-Lobos deu uma entrevista ao jornal parisiense  L’Intransigeant, onde contou ter sido capturado por índios, amarrado ao poste do suplício e sofrido por três dias as honras de uma cerimônia fúnebre, sendo libertado pelos brancos. O artigo tinha como objetivo promover o seu primeiro concerto em Paris e funcionou muito bem, tendo em vista que o teatro estava lotado.

Com Getúlio Vargas assumindo o poder no Brasil, em 1930, Villa-Lobos tratou de defender a necessidade de apoio à arte brasileira, por meio de um artigo publicado em O Jornal. Sua adesão ao novo governo visava condições financeiras de retornar a Paris.

Para mostrar ao novo presidente como poderia ser útil ao regime, Villa-Lobos reuniu 12 mil cantores em São Paulo, em maio de 1931, para realizar a Exortação Cívica. Seu projeto musical aconteceu durante o Estado Novo, com enormes concentrações de corais em estádios de futebol. Sua principal façanha aconteceu em 1940, no Rio de Janeiro, quando reuniu um coral de 40 mil vozes.

Villa-Lobos rege coral de 40 mil vozes em São Januário, no Rio de Janeiro, em 1940

Em 1945, Villa-Lobos fundou a Academia Brasileira de Música, nomeando seus primeiros 50 membros. No dia 12 de julho de 1959, o compositor rege seu último concerto em Nova York, vindo a falecer em sete de novembro do mesmo ano, em seu apartamento.

Principais obras

Villa-Lobos tinha grande afinidade com a obra de Stravinsky e considerava Bach como a fonte universal da música. Sua obra o fez ser considerado um dos mais importantes e decisivos compositores do século 20, sendo visto como um criador central do período.

As nove Bachianas Brasileiras e os 12 Choros para as mais variadas formações de instrumentos são obras-primas da produção do compositor, que ultrapassa as mil peças. Produzidas após os Choros (série de obras consideradas inovadoras e arrojadas), as Bachianas Brasileiras compõem um paralelo entre Bach e a música brasileira, demonstrando bem a imaginação musical de Villa-Lobos.

Além dessas, outras obras merecem destaque na produção de Villa-Lobos: as Cirandas, as Proles do Bebê, o Rudopoema, ciclos compostos para o piano; as obras para violão, como os Doze Prelúdios, os Cinco Prelúdios e o Concerto para Violão; os 17 quartetos de cordas; obras orquestrais como Mono Precoce, Uirapuru, Amazonas; e a grande suíte sinfônica Descobrimento do Brasil, dividida em quatro partes e dez movimentos.

 

Conheça algumas obras de Heitor Villa-Lobos:

Bachianas Brasileiras n° 4 – Prelúdio (Introdução):

 

Bachianas Brasileiras n° 1 – Introduction (Embolada)

 

Concerto para Violão e Orquestra – 1° Movimento (Allegro preciso)


Para conhecer melhor a vida e obra do compositor, visite o site www.museuvillalobos.org.br

 

*Informações retiradas dos livros “Villa-Lobos”, da coleção Grandes Compositores da Música Clássica, da revista Bravo! (Editora Abril); e do livro “Música Clássica – Os grandes compositores e as suas obras-primas”, de John Stanley (Editoral Estampa).

Deixe um comentário

Arquivado em Conhecimento musical, Grandes compositores

Vídeo da semana

Obra apresentada no Concerto de Gala 2010. Não deixem de conferir!

Deixe um comentário

Arquivado em Vídeo da semana

Músicos dedicam horas extras aos ensaios de naipe

A partir desta semana, os músicos do Grupo de Câmara terão mais uma tarefa importante em suas agendas de estudo. Agora, além de participar dos ensaios de sábado, eles irão tirar uma hora extra para os ensaios de naipe – que nada mais é do que um ensaios de “grupos de instrumentos”.

De acordo com o maestro Ricardo Feldens, os ensaios de naipe são mais objetivos e buscam sanar as dúvidas de cada um dos participantes, tanto em relação à trechos específicos das obras, quanto às técnicas do instrumento.

“Num ensaio normal, com todos os naipes reunidos, não existe tempo de
explicar todos detalhes para cada instrumento. Ensaiando separadamente
existe este tempo, a dúvida é esclarecida para um dos músicos e todos
os outros aprendem junto”, explica o maestro.

A experiência – que já foi feita outras vezes no período anterior às viagens para a Europa, em 1999 e 2007 -, costuma render bons resultados para a orquestra, principalmente diante de um repertório mais desafiador. Desta vez, não será diferente. Os ensaios irão focar as partes mais complexas das peças do próximo concerto, marcado para o dia 17 de abril. Segundo Feldens, o propósito é que, ao discutirem seus anseios, os músicos se sintam mais motivados a estudar em casa.

Todos os ensaios serão realizados na sala 227 da Scar. Confira os dias e horários de cada naipe:

Segundos Violinos – Quinta-feira, 17 de março, às 20h

Primeiros Violinos – Sexta-feira, 18 de março, às 19h30

Violas – Sábado, 19 de março, às 13h

Violoncelos e Contrabaixos – Sábado, 19 de março, às 14h30

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Imagem da semana

Deixe um comentário

Arquivado em Imagem da semana

Arquivo digital

Hoje entrou no ar o canal das Orquestras da Scar no YouTube! Lá, é possível encontrar todos os vídeos já publicados das apresentações das orquestras, além de vídeos dos ensaios e bastidores de concertos.

Por enquanto, os visitantes podem conferir as obras apresentadas no Concerto de Outono, Concerto de Solistas e Concerto de Gala, realizados no ano passado. Em breve, serão adicionados vídeos dos ensaios para o concerto do dia 17 de abril e  de apresentações antigas dos grupos.

Não deixem de conferir: www.youtube.com/OrquestrasScar

O canal das Orquestras da Scar no YouTube também pode ser acessado por meio dos links sugeridos na lateral direita do blog.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias